MENU

Já tem gente jogando Mega Drive no PS Vita

Site faz comparação entre gráficos de Uncharted do Vita...

03/01/2012 Views: 1226 PS Vita (NGP)

Vita: console do futuro ou um portátil conservador?

Com sua tela grande e brilhante, sensores de toque e movimento e controles que imitam um console caseiro, o Playstation Vita proporciona uma experiência bem próxima daquela que você teria na sua casa, em seu console caseiro. Mas será que é isso que queremos?

Eu passei a semana com um PS Vita, curtindo seu design inteligente, seus belos jogos, sua tela luxuosa e suas duas alavancas analógicas. Eu também passei a semana pensando se ele não é um portátil que chegou tarde demais.

A crescente onipresença dos jogos e a possibilidade de jogar em laptops, tablets, e-books e smartphones coloca em xeque o ato de carregar por aí um dispositivo que só pode rodar jogos. Isso não significa que não exista um mercado para portáteis dedicados aos games, apenas que eles irão enfrentar novos desafios daqui para frente.

Antes os videogames portáteis tinham o desafio de proporcionar uma jogatina melhor do que jogatina-nenhuma, o que não era muito difícil. Agora eles têm que superar a popularização dos microjogos e jogos casuais, além dos viciantes “time-killers” como Angry Birds, Tiny Wings e Bejeweled. Essas experiências menores, que degustamos como salgadinhos da Elma-Chips, podem ser compradas em qualquer lugar, a qualquer momento, com um download rápido, pouco dinheiro, compras de um clique. Mas, o que é mais importante, você pode jogar tudo isso em aparelhos destinados a ler livros, fazer trabalhos, ouvir música, assistir a filmes e receber ligações.

O PS Vita é uma excelente máquina de jogos, mas essa dedicação traz consigo uma exigência desgastante para o usuário: você precisa se planejar com antecedência. A tela enorme e o grande número de botões e controles significam que ele não é um aparelho você pode simplesmente colocar no bolso e sair por aí. Ao planejar uma viagem a Manhattan na semana passada, eu tive que decidir se queria levar uma bolsa apenas para transportar o Vita comigo. Eu decidi não fazer isso, e optei por confiar no meu celular para ajudar a me distrair durante a viagem de uma hora e meia que teria pela frente.

Fonte: http://www.kotaku.com.br/

Tags: , ,