MENU

Versão expandida de ‘Zombie Driver’ será lançada para PS3...

Bem vindo. Resident Evil desembarca na PSN

03/10/2011 Views: 620 Playstation, Xbox

A PSN é um fracasso quase completo

Depois da Sony ter atacado a Microsoft pelo seu tratamento para com os produtores, e apesar da Team Meat concordar, a Zen Studios e outros estúdios independentes mostraram claramente uma opinião diferente.

O site IndustryGamers falou com Guillaume Boucher-Vidal, gestor da Nine Dots Studio Inc., que está neste momento a desenvolver um jogo de seu nome Brand, e o mesmo parece não ter uma opinião lá muito positiva sobre a PSN e sobre a Team Meat.

“O XBLA da Microsoft é muito rigoroso, e os seus requisitos técnicos representam cerca de 800 horas da equipe de programação para adaptar um título. A PSN não tem este tipo de exigências, mas ao mesmo tempo, a PSN é um fracasso quase completo no que diz respeito a vendas, por isso eles têm de encontrar uma forma de captar os produtores, e eles fazem isso ao terem padrões muito baixos,” comentou ele.

“Há uns meses saí da Activision e agora estou a trabalhar num jogo que será lançado tanto no XBLIG como no XBLA. Até agora a minha experiência pessoal com eles é muito positiva. Não existe qualquer tipo de hipótese da PlayStation oferecer uma plataforma tão aberta como o Xbox Live Indie Games. Os kits de teste da PlayStation são um pouco acima das possibilidades para quem está a começar, por isso a sua acessibilidade é um ponto discutível se não tiveres um financiamento significativo. Então, apesar de teres requisitos muito rigorosos no XBLA, tens uma plataforma muito bem sucedida em termos de vendas e coerência, e existe muita liberdade no XBLIG.”

No que toca à polémica da Team Meat, Boucher-Vidal acredita que a Sony está apenas a tentar tirar partido da situação para fazer com que a Microsoft seja mal vista pelos produtores.

“Penso que a equipe Super Meat Boy são uma cambada de bébés chorões e a Sony quer usar os seus comentários recentes para se fazer passar como a boa da fita. Mas por entre muitas pessoas que eu conheço na comunidade indie, a SMB está a ficar mal vista pelo seu comportamento infantil e egocêntrico,” concluiu ele.

Fonte: http://www.eurogamer.pt/