MENU

Games para PC não morreram e nem vão morrer...

Sony não tem planos para a PS4

23/08/2011 Views: 709 PC, Playstation, Xbox

Call of Duty “morto daqui a 2-3 anos” afirma EA

Call of Duty: Modern Warfare 3 e Battlefield 3 ainda nem sequer viram a luz do dia, e a guerra já se encontra fervorosa pelas companhias, com a EA pressionando verbalmente a Activision e a série Call of Duty.

Já no passado mês de Junho o CEO da Electronic Arts, John Ricitello, teceu duras opiniões sobre a série rival, Call of Duty, no qual ele espera que a série “apodreça”.

A Activision têm-se mantido algo silenciosa no que toca a estas palavras, e prefere não comentar as palavras da Electronic Arts, afirmando ser mau para a indústria estas confusões.

Mas a Electronic Arts não para por aí, afirmando que irá conquistar uma boa parte da quota de mercado da Activision no que toca aos shooters, e até prevê a morte da série.

“Vocês têm toda a razão para ficarem nervosos. No ano passado, a Activision tinha 90% de quota na categoria dos shooters. Este ano, o Battlefield 3 vai reduzir essa marca para 60% ou 70%. Neste andar, vocês estarão fora da categoria em 2-3 anos.” afirmou Jeff Brown da Electronic Arts.

É uma medida bastante arrojada por parte da Electronic Arts, mas todos sabemos que o que interessa não são as palavras, mas sim as ações, por isso esperem pelo lançamento de Battlefield 3 no dia 28 de Outubro e de Modern Warfare 3 no dia 8 de Novembro. Aí iremos ver quem irá rir por último. Aguardemos!

Fonte: http://ez.mygames.pt/