MENU

Primeiros detalhes e história e trailer legendado de Darksiders...

Capcom fala de Resident Evil 6

13/06/2011 Views: 484 PC, Playstation, Xbox

EA responde a Kotick sobre Battlefield 3

A rivalidade feroz entre Modern Warfare 3 da Activision e Battlefield 3 da Electronic Arts atingiu o auge, quando John Riccitiello afirmou orgulhosamente que conseguiram enervar Bobby Kotick.

O confronto começou na terça-feira, quando Kotick foi questionado sobre as hipóteses de sucesso de Battlefield 3 no mercado de consolas e em que ele disse que não podia responder sobre esse assunto, uma vez que a EA até agora só tinha mostrado o jogo no PC.

Riccitiello, presidente da EA, disse agora que a E3 2011 vai ser lembrada como o início da guerra entre estes dois jogos, e que Kotick reconheceu que a Activision sente-se ameaçada.

“Vamos ter uma luta de titãs neste outono,” disse Riccitiello à Reuters. “Só o facto dele estar a tentar criar dúvidas sobre o nosso jogo é um exemplo perfeito de como conseguimos enraivecê-lo. Em termos de saber até onde é que isto vai, pensamos que o nosso jogo na PS3 é melhor do que o jogo deles na Xbox e que a nossa versão PC é melhor do que a versão PC deles.”

“Se isso é tudo o que ele tem para dizer, então quando lançarmos as três versões ele vai desaparecer do mapa. Se foram à nossa conferência de imprensa, vocês viram imagens das versões PS3 e Xbox. Se Kotick pensou que aquilo eram imagens da versão PC, então ele está em apuros.”

Uma fonte do site CVG disse que a Electronic Arts negou o acesso à equipa de Kotick da demonstração de Battlefield 3. A Activision mais tarde veio a público negar que isso se tenha passado, no entanto o informador do site voltou a confirmar que aquilo se passou mesmo, uma vez que ele próprio presenciou os factos.

A DICE comentou também sobre o sucedido com Gustav Halling, gameplay designer, a dizer na sua conta do Twitter: “Bem ele não estava na nossa lista de convidados por isso ele tinha de estar na fila tal como as outras pessoas na E3. A EA disse não a Kotick.”

Mais tarde Halling escreveu, “Eles acham que podem ir sem avisar e passar à frente de uma fila centenas de pessoas? Apenas as pessoas que convidámos podem fazer isso. No ano passado bloquearam-nos a entrada na E3 e na Gamescom, como tal isto já é uma experiência mutua entre rivais. Não se preocupem muito com isso.”

Quem esteve no evento contou que a havia uma grande diferença nesta E3 entre o stand da EA e o da Activision. O da EA estava em frente ao grande South Hall, com muitas demos jogáveis, enquanto que o stand dos rivais, em termos de tamanho, era um terço mais pequeno e sem quaisquer demos jogáveis para o público.

Fonte: http://www.eurogamer.pt/