MENU

Dia do Jogo Justo – Fase II venderá jogos...

Primeiro DLC de Mortal Kombat sai nas próximas semanas

19/05/2011 Views: 1272 Notícias

AMD anuncia novas placas de vídeo para o segmento de entrada

A AMD reuniu a imprensa ontem (18), em um prédio comercial da rua Santa Efigênia, para apresentar as novas placas de vídeo HD 6450, HD 6570 e HD 6670, todas do segmento “low end” (de entrada) do mercado. Roberto Brandão, engenheiro da AMD latinoamericana, subiu ao palco para dar detalhes sobre os novos produtos.

Todas as três placas (na imagem, a HD 6670) suportam a tecnologia de 3D estereoscópico, além de terem saídas DisplayPort para exibir o conteúdo em múltiplas telas – no caso dos produtos de entrada, para até três monitores ao mesmo tempo. Como já é padrão entre as Radeon, também há suporte para DirectX 11, além dos OpenGL mais recentes.

No telão, os slides resumiam bem como a performance da nova série da AMD se saíam frente aos concorrentes – a HD 6450 foi comparada com os chipsets que utilizam controlador de gráficos integrado, enquanto que as HD 6570 e HD 6670 apareceram em comparativo com as GeForce GT 520 e as intermediárias acima dela. De acordo com os dados da própria AMD, as novas Radeon podem, sim, servir para os gamers, apesar do foco não ser o entusiasta de jogos.

Segundo Roberto Brandão, o público-alvo não é o gamer “hardcore”, que prima pelo máximo em desempenho – para estes, a AMD oferece as HD 6870 ou HD 6990, que estão no topo da gama. Apesar deste discurso, uma build preliminar de Dirt 3 foi exibida no evento rodando a puco mais de 30 quadros por segundo em uma HD 6570 – desempenho surpreendente considerando que o game rodava em três monitores e a resolução de 4800 x 900.

“Antes, falava-se que placa gráfica era só para gamer, e o que nós fazemos hoje é mostrar que estes produtos trazem benefícios para o cliente que não vai jogar”, diz. Brandão ainda fez questão de destacar que, atualmente, o cliente quer uma experiência mais agradável para toda a parte multimídia, que inclui filmes em blu-ray, vídeos de YouTube ou mesmo navegação em sites com HTML 5. “O que você vê na tela é gerado pela placa gráfica, e ela pode acelerar isso tudo, inclusive com anti-aliasing”, explica.

Outra característica da família 6000 da AMD é o Powertune, que já vêm nas versões mais recentes dos drivers Catalyst. Trata-se de um “overclock automático” e seguro, já que o próprio sistema calcula o limite do aumento da velocidade. De acordo com Brandão, “ele não vai “overclockar” a ponto de danificar os equipamentos, mas sim até onde for possível, sem riscos”.

Todo esse esmero técnico virá em placas de baixo custo – lá fora, as três custam menos de US$ 100. Por aqui, a expectativa é que a HD 6450, a mais barata delas, chegue por volta de R$ 250, mesma faixa de preço das GeForce GT 520 da nVidia. Os preços sugeridos, porém, ainda serão anunciados por cada fabricante.

Sobre a data de lançamento, Brandão explica: “sair dos Estados Unidos e vir para o Brasil é questão burocrática”. Como são produtos importados, precisam passar por todo aquele processo de liberação da alfândega e tudo mais, mas dá para esperar que as novas placas cheguem às lojas de todo o Brasil já no mês que vem.

Fonte: http://www.gametv.com.br/