MENU

Dilma manda aumentar velocidade da banda larga

EA é acusada de monopolizar jogos de futebol americano

11/04/2011 Views: 782 Notícias

Em defesa dos gamers, SOS Brasília publica resposta à jornalistas e compara a atitude como a de “idiotas”

Wellington Menezes de Oliveira, que assassinou de maneira covarde e brutal crianças inocentes está (aparentemente) servindo de inspiração para jornais como O Globo. – “Disse responsável pelo site S.O.S Brasília”

Parece que os jornalistas não estão contentes com a lamentável tragédia, deixa a impressão de que eles querem mais, a prova disso, é que os jornalistas “Antônio Werneck e Sérgio Ramalho” escreveram de forma explicitamente manipuladora uma notícia no dia 09/04/2011, onde na visão da matéria, deixa à entender que jogos como GTA e CS, “acumula mais pontos quem matar mulheres, crianças e idosos.”

O S.O.S Brasília, não gostou nem um pouco das ofensas e vê isso como uma “afronta aos gamers” que em geral não tem ligação com esse tipo de brutalidade e nem menos aprovam isso.

Alvo de muitas críticas, os gamers no Brasil estão começando a” serem responsabilizados” por supostamente pertencerem à “uma geração de psicopatas”, ou pelo menos é esse tipo de pré-conceito que o S.O.S Brasília sente quando a mídia e os políticos comparam as atitudes dos gamers com a de criminosos.

Em defesa dos gamers, JP Radaeli esbravejou e chega à comparar os jornalistas ” Antônio Werneck e Sérgio Ramalho” do jornal O Globo à “trouxas”.

Para ouvir o manifesto completo em defesa dos gamers do Brasil basta assistir o vídeo em seguida:

Fonte: Sosbrasilia/Blogspot