MENU

Exames médicos podem prever desempenho em games

Pirataria: Brasil é vice-campeão mundial em downloads ilegais

29/01/2011 Views: 939 Curiosidades

Jogar: Uma boa forma de aliviar o stress?

Sigmund Freud, o pai da psicanálise, concebeu a teoria de que a personalidade dos seres humanos é desenvolvida pelas experiências da infância. Para Freud, esse período de nossas vidas é um dos mais impactantes, sendo relevante o suficiente para levar os adultos a uma eterna busca inconsciente ao retorno dos tempos de inocência.

É nessa época que nossas preocupações com o mundo exterior são praticamente inexistentes. Comemos, dormimos, estudamos, aprendemos e brincamos. A relação com a sociedade ainda não se limita a uma avalanche de problemas, uma agenda lotada e a aparente falta de tempo para qualquer coisa.

Sem dúvidas, todos sofremos, ou sofreremos, com algo que não pode ser curado: a maioridade. Quem é afligido por essa condição normalmente tem problemas em se concentrar em qualquer coisa divertida e que possa nos entreter sem compromisso. Mas, felizmente, o tratamento pode ser bem mais simples do que parece.

Segundo um estudo de Alan Krueger, pesquisador da Universidade de Princeton, nos Estados Unidos, os momentos mais felizes de nossa vida envolvem atividades de lazer. Então, surge a grande questão: Por que não podemos ser mais felizes?

O fato é que se entregar a atividades que não rendam um resultado exterior se tornou um tabu na sociedade contemporânea. Essencialmente, a tendência é vivermos sempre em troca de algo. Nossas ações giram em torno da recompensa e da causa, algo que, no lazer, normalmente inexiste, já que a satisfação pessoal é desconsiderada e brutalmente atropelada pelos conceitos de uma sociedade produtiva capitalista.

Brincar parece não ser uma palavra compatível com o vocabulário dos adultos. Um dos principais motivos disso é o fato de que a recompensa para quem brinca não surge no final, mas sim durante a experiência.

O que nós não percebemos é que é exatamente a ausência de um resultado quantificável que nos permite satisfazer necessidades essenciais para nossa vivência e ainda revela a verdadeira pessoa por trás de toda a crosta gerada pela sociedade. Brincar pode ser o segredo da felicidade.

E, obviamente, os video games são uma excelente forma de brincadeira. O entretenimento eletrônico é extremamente abrangente, sendo capaz proporcionar momentos de lazer de diversas formas distintas. Há games que estimulam sua criatividade, outros que proporcionam uma atividade social interessante, que nos fazem se exercitar e também aqueles que oferecem um desafio saudável.

Visando reforçar que o poder dos video games vai muito além do que muitas é rotulado pelos leigos, o Baixaki Jogos resolveu se aprofundar um pouco mais nesse assunto. Neste artigo, você confere como alguns jogos podem ser excelentes válvulas de escape para todo o estresse acumulado, servindo não só como uma simples diversão, mas também como uma verdadeira terapia.

Sem stress! Desenvolvendo diversão

Antes de qualquer coisa, é importante ressaltar que o principal ingrediente para o tratamento contra o stress é a diversão. Estudos comprovam que simples gargalhadas podem trazer resultados extremamente positivos para sua saúde e também para aliviar o stress. Como os momentos de lazer geram muitos benefícios, se divertir tem de ser uma prioridade para qualquer um que queira ter uma vida melhor.

Existem algumas dicas básicas que ajudam você a ter uma vida ainda mais divertida. Primeiramente, é importante estar concentrado no que está acontecendo. Não fique pensando em eventos passados ou no futuro: foque sua atenção no momento e isso tornará sua jogatina muito mais divertida.

Com isso, o jogador pode alcançar um estado conhecido como “vazão” (flow, em inglês). Ao expressar seus valores de maneira criativa, você satisfaz necessidades de autodeterminação de um modo que outras atividades não seriam capazes. Isso gera uma integração do jogador com o jogo que reflete numa identidade verdadeira do envolvido. Essencialmente, jogar alivia você da pressão de ser alguém que você não é. A ligação é direta: você e o jogo.

A vazão acontece quando o jogador chega a um estado em que há total absorção da atividade, gerando a sensação de que o tempo está mais devagar ou então parou. Esse estado pode até ser comparado com a meditação, já que carrega vários benefícios dela e estimula a mente, deixando-o menos estressado. A vazão pode ser experimentada através de várias atividades criativas, e jogar é uma delas.

Quando você está engajado com o game, tudo fica ainda mais divertido. Você provavelmente já deve ter vivido uma experiência em um jogo em que parece estar hipnotizado, aproveitando ao máximo tudo que a experiência tem a oferecer. Certamente, eis um dos pontos fortes do alívio de stress que é constantemente utilizado pelos jogos eletrônicos.

Estimulando a criatividade Fuja do stress

Sem dúvidas, outra grande maneira de aliviar o estresse é sendo criativo. E, dentro do universo dos games, temos muitos exemplos que permitem ao jogador soltar a imaginação. Talvez um dos exemplos mais palpáveis seja Little Big Planet, o gigantesco sucesso da Media Molecule.

O exclusivo do PlayStation 3 traz uma proposta que poucos outros games conseguiram implantar com tanta eficiência. Aqui, você pode criar níveis da maneira que bem entender e ainda compartilhá-los com todo o restante do mundo.

As possibilidades são inúmeras. Atualmente, temos milhares de níveis distintos, com concepções extremamente variadas. Há quem se inspire em outros games para criar fases dentro de Little Big Planet, enquanto outros preferem retratar seus próprios países no game. É incrível passar algumas horas ao lado do game observando o enorme leque de níveis e possibilidades.

Além de ser uma experiência intuitiva e totalmente divertida, criar níveis também pode ser muito útil para aliviar todo seu stress. Primeiramente, liberar sua imaginação cria um laço forte com o game, fazendo com que a mente do jogador seja transportada diretamente para dentro do game.

Ou seja, tudo o que estava te incomodando tem grandes chances de desaparecer, pelo menos por alguns minutos, enquanto você cria as fases mais malucas em LBP. O melhor de tudo é que, depois de terminar a atividade, você provavelmente terá uma mente mais aliviada, pronta para enfrentar os problemas com soluções mais frescas.

Como se não bastasse, depois que sua obra de arte estiver completa, você provavelmente sentirá um orgulho saudável dela. Com isso, você só precisa de alguns cliques para compartilhá-la com o restante do mundo e aguardar até que os elogias comecem a surgir. E, como você deve saber, elogios são sempre bem-vindos e fazem muito bem à nossa saúde mental, principalmente por aumentar significativamente a autoestima.

Isso pode gerar um novo hobby em uma base regular para o jogador. Nada melhor que exercitar sua criatividade diariamente e ainda ter o prazer de compartilhar seus feitos com outros jogadores — algo que também os estimula a criar. Quem sabe você não goste tanto dessa atividade que acabe transformando um evento de lazer em seu próprio trabalho?

Outro fato é que a vazão para os momentos de criação é extremamente alta. Como criar é uma atividade extremamente ativa e dinâmica, ficamos muito mais engajados com o game, principalmente pela intensa interação com o ambiente virtual.

Pancadaria e tiroteio Mas sem stress

Atualmente, é bem difícil falar de video games sem mencionar os tão badalados FPS (First Person Shooter, ou jogos de tiro em primeira pessoa). E, aparentemente, um jogo em que o tiroteio rola solto e onde clima é pesado dificilmente pode servir como válvula de escape, certo? Errado.

Sim, os FPS podem até ser violentos, mas também são capazes de criar experiências totalmente positivas em relação ao stress. Obviamente, você precisa saber se preparar para desfrutar de um game de tiro da maneira correta.

Primeiramente, é importante ser compreensivo e manter o senso de humor. É normal “sofrer” com alguns jogadores muito mais habilidosos que você durante uma partida de Call of Duty: Blac Ops, por exemplo. Mas, em vez de acumular raiva e sentimentos negativos, é importante lembrar que o desafio de um game não é algo negativo, mas sim o que é conhecido como eustress.

Basicamente, eustress é uma espécie de stress saudável que todos nós precisamos para se sentir empolgados com a vida. Os jogos de tiro em primeira pessoa são excelentes fontes deste tipo de sentimento, quebrando, muitas vezes, o ritmo monótono de sua rotina com algo positivo. Em poucas palavras: um FPS pode trazer a dose certa de desafio.

Não há como falar de FPS em geral sem mencionar os modos multiplayer. E, felizmente, a interação com outros jogadores também é uma excelente forma de esfriar a cabeça. Não se esqueça de que os inimigos existem apenas dentro dos jogos e aproveite essa oportunidade para criar novos amigos.

Gerar novos grupos sociais traz vários benefícios aos participantes, como o próprio suporte mútuo entre os envolvidos, algo que amplifica a sensação de engajamento da experiência de um jogo. Além disso, os amigos encontrados podem até se tornar seus melhores amigos. O jogo acaba apresentando a você alguém com que você sente prazer de ter ao lado.

O segredo para uma jogatina saudável nos FPS é lembrar de que estamos jogando para nos divertir, e não se estressar. Tente transformar cada um dos “problemas” em jogo em algo positivo. Simples atitudes regadas por muita compreensão podem virar totalmente o jogo, extraindo positividade de qualquer experiência.

Exercitando-se Queimando calorias e problemas
Todos sabemos que os exercícios físicos são essenciais para uma vida saudável. A prova disso também está nos games, algo notado claramente pelas tendências atuais da indústria. Depois do Nintendo Wii, que deixou o sedentarismo de lado, a Microsoft e a Sony também investiram em controles que movimentam não só o personagem, mas também o jogador.

E, obviamente, os exercícios físicos são extremamente eficazes no combate ao stress por várias razões. Primeiramente, um jogo como Kinect Sports consegue facilmente fazer com que o jogador se livre de alguns sentimentos causadores do stress. Atividades energéticas como Boxe e Vôlei, duas modalidades disponíveis no game, providenciam uma excelente liberação dessas emoções negativas, transformando-as em motivação e fazendo o jogador se sentir mais saudável e tranquilo.

Biologicamente, os exercícios físicos também podem diminuir os “hormônios do stress”, como o cortisol, e ainda aumentar a endorfina, que é basicamente o que faz seu corpo se sentir bem. Isso imediatamente deixa o jogador mais encorajado, diminuindo significativamente o stress.

É importante mencionar que os jogos exclusivos dos controles sensíveis a movimento são, predominantemente, destinados ao público casual e normalmente oferecem a opção para um multiplayer local. E, jogar com os amigos em casa, é outro fator que pode deixar você muito mais feliz.

Seja qual for o console, é sempre bom ter um amigo ao seu lado para desfrutar de diversos tipos de games e exercícios diferentes. O diálogo constante e até mesmo a ajuda em um modo cooperativo só alimentam a motivação para continuar jogando e, consequentemente, fazendo exercícios, inibindo ainda mais a sensação de que você está de fato trabalhando duro em seu corpo enquanto se diverte.

Jogar é saudável Aproveite

Como você pôde notar, jogar pode ser uma atividade extremamente saudável. Quando você está estressado, seu corpo também sofre com isso, graças a uma série de reações negativas que acabam denegrindo sua saúde. Para fugir disso, basta iniciar um game em seu console e relaxar, liberando sua criatividade, sacudindo o esqueleto ou se divertindo com os amigos.

Lembre-se sempre de que o principal objetivo dos games é divertir. Não fique preso aos consoles, se sentindo com a obrigação de jogar. Faça pausas quando achar necessário e evite jogar quando estiver cansado — conselhos do próprio Solid Snake. Você tem em suas mãos uma poderosa ferramenta para escapar de todo o stress inevitável que inunda nossas vidas, basta usá-la corretamente. Divirta-se.

Fonte: http://www.baixakijogos.com.br/

Comments

  1. Marlon says:

    Excelente matéria!! Obrigado pelo conteúdo.