MENU

“CityVille” é o aplicativo mais utilizado no Facebook, diz...

Artworks mostram como eram pra ser e como são...

05/01/2011 Views: 849 Curiosidades, Nintendo DS

Nintendo DS é o console mais vendido de todos os tempos nos EUA

A Nintendo não para de comemorar as boas vendas de seus consoles da atual geração. Agora, a companhia comemora a entrada de um novo ano exaltando as milhares de unidades vendidas de seu console Wii e do portátil DS.

O DS já vendeu mais de 47 milhões de unidades somente nos Estados unidos. Com isso, a Nintendo afirma que os americanos fizeram com que o DS se tornasse o sistema de videogame mais vendido de todos os tempos no país. Vale lembrar que esse número é referente às diversas versões até a última modificação do portátil, o DSi XL.

Outro triunfo da Nintendo em 2010 é o Wii, que em 2010 completou o seu terceiro ano consecutivo vendendo mais de 7 milhões de unidades. Segundo a fabricante, esse fato “jamais aconteceu na história dos consoles domésticos de videogame”.

Em um pronunciamento oficial, o presidente da Nintendo Reggie Fils-Aime afirma que a empresa pode comemorar ainda mais no próximo ano. “Quando olhamos para 2010, notamos os consumidores investindo e aproveitando os nossos produtos. Se pensarmos em 2011, nós veremos uma nova tecnologia portátil e grandes jogos para Wii que ainda serão revelados”.

Portátil “de peso”

A nova tecnologia portátil a qual o presidente da Nintendo se refere é o 3DS. Revelado pela Nintendo em conferência realizada antes da E3 2010 e com lançamento marcado para março no mercado ocidental, a principal diferença entre este modelo e os antecessores é a presença de uma tela widescreen capaz de processar gráficos com efeito 3D estereoscópico sem a necessidade de usar óculos especiais.

Assim como o antecessor, o 3DS também apresenta uma tela inferior sensível ao toque. Entre outros atrativos, o videogame permite tirar fotos em 3D e se conecta à internet via Wi-Fi.

O 3DS está previsto para chegar ao Japão em 26 de fevereiro de 2011, por 25 mil ienes (cerca de US$ 300). Nos Estados Unidos e Europa, foi anunciado para março do mesmo ano, ainda sem data e preço definitivos.